Total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

FALCÃO NO VASCO? ESTÁ MUITO PERTO GALERA VASCAÍNA.

Falcão admite possibilidade de ida para São Januário e calcula as chances

Em 28/12/2014 08:23

 
Considerado o maior jogador de futsal do mundo, o astro Falcão voltou a admitir a possibilidade de se transferir para o Vasco em 2015 juntamente com os seus demais companheiros do Sorocaba, equipe campeã da Liga deste ano.
De acordo com o jogador, que também é gestor do time do interior paulista, já há um prazo para uma definição, que pode resultar numa parceria entre os dois clubes.
"Com relação ao Vasco, realmente evoluiu muito uma conversa, mas sabemos que o Sorocaba está buscando situações para que possamos jogar na cidade (não há um ginásio disponível). Só que tem até o dia 15 de janeiro para isso acontecer. Nossa intenção é continuar em Sorocaba, até porque toda nossa estrutura está lá. Hoje é 70% Sorocaba e 30% Vasco, mas que existe essa conversa, existe", avaliou antes de participar do evento 'Jogo das Estrelas', neste sábado, no Maracanã.
Quem conduz a negociação em nome do Vasco é Carlos Gandola, assessor da presidência cruzmaltina, e seus filhos. O trio foi responsável por trazer Falcão para disputar algumas partidas da equipe de Fut 7 do Madureira em 2014. Ambos administravam o time do Tricolor Suburbano antes do ingresso à nova diretoria vascaína.
Assim como o Sorocaba, o clube de São Januário também enfrenta problemas em relação a ginásio. O atual passa por reformas e uma das possibilidades seria utilizar o Maracanãzinho.
Em 2000, o Vasco foi campeão brasileiro de futsal com o ex-craque Manoel Tobias.
Fonte: UOL

Futsal: Falcão, sobre o Vasco: 'Seria muito bom defender uma camisa com uma torcida tão grande'

Sábado, 27/12/2014 - 19:53
Na primeira passagem de Eurico Miranda pelo Vasco, o Gigante da Colina teve grandes equipes de basquete e futsal. Nas quadras, o clube carioca ganhou muitos títulos e chegou a ter ídolos do esporte, como Manuel Tobias. De volta ao clube, o mandatário parece querer reforçar novamente o futsal. Presente do Jogo das Estrelas de Zico, o craque Falcão revelou uma proposta do clube da Colina. 

"Houve um contato com o Vasco. Reunião com o Euriquinho. Há uma possibilidade, porque depende do Sorocaba, mas seria muito bom defender uma camisa com uma torcida tão grande. Mas ainda é uma possibilidade", afirmou. 

Com 37 anos, Falcão ainda é considerado um dos melhores jogadores de Futsal do Mundo. Pela seleção brasileira, o jogador foi bicampeão mundial em 2008 e 2012. 

Fonte: O Dia


domingo, 21 de dezembro de 2014

XEQUE-MATE: MARCOS VINÍCIUS SE SAGRA CAMPEÃO PEDREIRENSE DE XADREZ





A primeira competição oficial de Xadrez de Pedreiras foi realizada e idealizada pelo maior defensor do esporte do Maranhão, título exibido com orgulho pelo Professor Rubinho, que leva essa Bandeira e a cita por onde anda, quase sempre sem êxito pelos gestores públicos que não dão valor à única ferramenta capaz de mudar o contexto social das escolas públicas atuais.
Ravi Ruben, filho do Professor Rubinho, com dois anos já mostra interesse no Rei dos jogos e  jogo dos Reis.
 

A competição...

Marcos Vinícius derrotou o Professor Rubinho em uma partida muito equilibrada.
No sábado (20), às 19:30h, foi dado início às disputas entre os xadrezistas que marcaram presença à convocação do organizador. Foi uma competição muito disputada com jogos decididos em Xeque-mates emocionantes e com viradas surpreendentes.
A forma de disputa foi decidida entre os participantes em congresso técnico antes da competição, na qual todos jogariam contra todos e o campeão seria o que obtivesse maior número de pontos, o que não aconteceu, pois houve empate técnico entre três disputantes: Marcos Vinícius, Leandro e Carleandro, os quais tiveram que disputar um triangular extra que culminou com duas vitórias do grande campeão Marcos Vinícius, ficando o Carleandro com o segundo lugar ao derrotar o Leandro no jogo desempate.
Os pequenos enxadristas.
 

Rejane fez a entrega de medalhas ao campeão pedreirense.

A competição teve o apoio especial do Professor Rubinho e do Restaurante PANELA DE BARRO, na pessoa do s em empresários Rejane e Edmundo.





 
Carleandro x Marcos Vinícius


Lucas Corrêa x Professor Rubinho
 
Marcos Vinicius x Leandro


Leandro x João Pedro

Professora Silvia Borges entrega a medalha ao Carleandro.

Os campeões.

Inspirada em Rocky Balboa, vovó de 77 anos malha 2h e corre 16k todo dia

Ernestine Shepherd tem 77 anos e já foi eleita a fisiculturista mais velha do mundo. Ela dá aulas de ginástica localizada e segue rotina exaustiva de exercícios diários


Com 77 anos, Ernestine Sheperd é uma verdadeira máquina de malhar. A fisiculturista americana tem vitalidade de sobra e segue uma exaustiva rotina diária de exercícios em Baltimore, onde vive. A simpática professora de ginástica Ernie, como é chamada, acorda todo dia de madrugada e encara uma sessão de mais de cinco horas de exercícios entre corrida, musculação e ainda por cima as aulas que ela ministra na academia. O mais curioso foi que Ernie só começou a malhar com 56 anos e para superar o trauma da morte da irmã, que era sua companheira de academia, usou a inspiração do filme do boxeador Rocky Balboa.
- A primeira coisa que eu faço é rezar. Então, eu tomo meu café da manhã, corro, depois vou pra academia. E depois de malhar, eu dou duas aulas seguidas de ginástica localizada. Meu lema é determinação, dedicação e disciplina para ficar em forma – afirma Ernie.
Ernestine mostrando sua força (Foto: Reprodução da internet)Ernestine mostrando sua força (Foto: Reprodução da internet)

Ernie foi durante um período a fisiculturista mais velha do mundo, segundo o Livro dos Recordes. Apesar de ter perdido esse título, ela segue sua rotina sem descanso e continua competindo em campeonatos da modalidade que valoriza os corpos mais fortes.
Para começar, Ernie corre por 16 quilômetros, em cerca de duas horas. Terminada a corrida, hora da academia e mais 1h45min de musculação. Mas nem sempre foi assim. Até os 56 anos, ela nunca havia praticado exercícios regularmente.
- Eu comecei a fazer exercícios com 56 anos porque meu marido convidou a mim e à minha irmã para um piquenique da igreja. E nós tínhamos que usar um maiô. Quando fomos comprar, percebemos que não estávamos muito bem. Então, minha irmã sugeriu que começássemos a praticar exercícios e em três dias começamos as aulas.
Meses depois, sua irmã Velvet morreu, vítima de um aneurisma cerebral e isso abalou muito Ernie.
- Quando ela morreu, eu fiquei em casa e não queria fazer nada. Tive síndrome do pânico e depressão. Não queria interagir com outras pessoas, estava muito triste.
Ernie (Foto: arquivo pessoal)Ernie ganhando prêmios; treinando;  seu técnico Yohnni quando era Mr.Universo e junto de sua falecida irmã Velvet (Foto: arquivo pessoal)
Triste, Ernie estava prestes a desistir de vez dos exercícios. Curiosamente acabou buscando forças em um famoso filme do ator americano Sylvester Stallone.
- Mas um dia ela apareceu pra mim num sonho e falou: você não está fazendo o que combinamos.Antes de morrer ela disse: nós duas estaremos entre as mulheres mais velhas a entrar no livro dos recordes. Então eu pensei: em três ou quatro semanas eu vou me recuperar, voltar para a academia e recomeçar a treinar.Quando recomecei a fazer exercícios, assisti a Rocky III, um filme do Sylvester Stallone em que o técnico dele havia morrido. E o Stallone não conseguia fazer nada sem seu treinador. Eu assisti a esse filme e vi como ele superou tudo isso. E eu falei: vou fazer como ele. Eu fui a um evento de fisiculturismo, eu vi o ex-Mr. Universo Yohnnie Shambourger e falei: é com essa pessoa que quero trabalhar, é essa a pessoa que pode me ajudar a realizar o sonho da minha irmã.
Yohnnie Shambourger foi Mr.Universo em 1995, aos 43 anos, hoje, aos 60, é personal trainer.Foi ele que colocou Ernnie para treinar forte e em sete meses ela disputou e venceu sua primeira competição de fisiculturismo.
- Fico muito feliz e honrada por estar no livro dos recordes. Eu realizei o sonho da minha irmã. E tudo com a ajuda da minha família, do Yohnnie... Isso é maravilhoso – encerrou ela.
Ernie e seus troféus (Foto: Reprodução da internet)Ernie e seus troféus

sábado, 20 de dezembro de 2014

SOROCABA DE FALCÃO É CAMPEÃO PAULISTA

Falcão lidera virada do Sorocaba para levar taça da Liga Paulista de futsal

Craque faz gol, dá assistência e faz até defesa em vitória sorocabana diante do Orlândia para conquistar segundo título em dez dias


O contra-ataque parecia que daria a vitória ao Orlândia, que tinha a vantagem de 3 a 1. Sem goleiro, que estava no ataque, só Falcão poderia salvar o Sorocaba. E foi o que ele fez. Craque como ele não precisa usar os braços, sabe bem onde ficar na quadra, seja para "atuar" como goleiro, para dar assistências, roubar bolas ou fazer gols. O ala da camisa 12 fez tudo isso nessa sexta-feira e liderou o Sorocaba a uma virada nos minutos finais contra o Orlândia para fechar o placar do segundo jogo da final em 4 a 3, na casa do adversário. Dez dias depois de levar o título nacional também em uma decisão contra o Orlândia, o Sorocaba levantou mais uma taça, a da Liga Paulista de Futsal.
- Nem nos melhores dos sonhos esperávamos dois títulos. O projeto do Sorocaba é novo. Nossa meta era chegar à final de um e entre os quatro na outra liga, e vencemos as duas.Temos que fazer história de algum jeito. Nossa equipe soube fazer o resultado em casa e decidir fora de casa. Equipe campeã tem de passar por essas circuntâncias - disse Falcão.
O time de Sorocaba precisava apenas do empate nesta sexta já que havia vencido o primeiro duelo. No entanto, o time arrancou uma virada nos minutos finais, graças a Falcão e à tática de usar o goleiro-linha. Falcão fez o primeiro gol sorocabano, Xuxa anotou dois, e Fellipe Mello balançou a rede uma vez.
Sorocaba leva taça da Liga Paulista de futsal (Foto: Reprodução/Twitter)Sorocaba leva taça da Liga Paulista de futsal (Foto: Reprodução/Twitter)
Lá e cá
Empurrado pela torcida, o Orlândia começou com tudo e demorou pouco mais de um minuto para abrir o placar. Depois de uma jogada pela direita entre Caio e Vinicius, Tatu desviou a bola contra o próprio gol, tirando as chances do goleiro Tiago. Para quem precisava da vitória no tempo normal para levar a decisão para a prorrogação, o gol logo no início deu um alívio, mas não esfriou os ânimos. Foram muitos pequenos empurrões dos dois lados, até que Cabreúva tomou um cartão amarelo.
O Sorocaba ao ataque, mas a primeira grande chance saiu dos pés do goleiro Tiago, que arriscou um tiro direto da própria área, mas Guitta estava atento e fez a defesa. Falcão entrou em quadra e também ficou perto de empatar. A seis minutos de jogo, o ídolo do futsal deu um chapéu no marcador, mas Guitta saiu do gol para matar a jogada no limite da área. Rafinha e Felipinho também pararam nas mãos de Guitta.
O Orlândia voltou a dominar o jogo nos minutos finais do primeiro tempo. O goleiro Guitta foi ao ataque e quase fez o gol, mas Tiago defendeu mesmo atrapalhado pela luz do sol que entrava por um portão aberto do ginásio Maurício Leite de Moraes. Gadeia arriscava de longe, e Lukaian encontrou um giro de pivô, mas os dois erraram o alvo por pouco. Melhor para o Sorocaba, que tem Falcão, um jogador capaz de desequilibra. A quase 19 minutos, ele recebeu um passe de Rafa livre, mas Guitta fez a defesa. Falcão brigou pelo rebote e começou uma triangulação com Rafa e Xuxa para apenas escorar e, desta vez sim, balançar a rede.

Virada no final
O jogo esquentou novamente despois do intervalo, com muitas faltas e poucas chances de gol nos cinco primeiros minutos. Apenas Dieguinho chegou perto de colocar o Orlândia à frente novamente. Em um contra-ataque pela ala esquerda, ele encobriu o goleiro Tiago, mas Rodrigo evitou o gol. Menos de um minuto depois, Gadeia recebeu a bola em cobrança de falta e disparou um foguete sem dar chances a Tiago. A pouco mais de cinco minutos do segundo tempo, o anfitrião estava de novo na frente do placar. O Orlândia não diminuiu o ritmo e demorou menos de dois minutos para fazer o terceiro. Lukaian chutou forte pela ala esquerda, e Cabreúva desviou para anotar o gol.
O Sorocaba reagiu, puxado por Falcão. O ala primeiro acertou o travessão, depois “atuou” como goleiro, defendendo sem os braços um contra-ataque após uma investida com goleiro-linha. Foi ele também que roubou uma bola e rolou para Fellipe Mello vencer Guitta para diminuir a desvantagem a pouco mais de 12 minutos do segundo tempo.
O Orlândia teve chance de fazer mais um em um contra-ataque de Cabréuva e Marinho, que acabou escorando a bola para fora. Só que novamente Falcão fez a diferença a favor de Sorocaba. Ele encaixou um chute forte na trave direita de Guitta, e Xuxa apenas escorou com o corpo para empatar a partida mais uma vez. A pouco mais de dois minutos para o fim do jogo, o título estava nas mãos dos sorocabanos. O empate já era suficiente, mas Xuxa ainda arrancou a virada no minuto final, completando um lançamento de cabeça para fazer a festa do Sorocaba.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

BRASIL: CAMPEÃO MUNDIAL DE FUTSAL FEMININO

Campeãs mundiais de futsal alfinetam CBFS: "Já pensou se não fôssemos?"

Amandinha e Missi narram saga da seleção para chegar à Costa Rica, cobram incentivo para a modalidade e ressaltam união do grupo para superar adversidades

Foi com muita dificuldade, mas o título veio. A conquista mundial das meninas do futsal foi suada, mas coroou uma campanha invicta de uma seleção que poderia nem ter ido à Costa Rica. Com dificuldades financeiras, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) havia anunciado, no início de novembro, a desistência de participar do torneio. No entanto, as atletas se organizaram, conseguiram patrocínio de um banco privado e, com a ajuda até dos jogadores da seleção masculina, arrecadaram fundos para a viagem. Consequência? O pentacampeonato mundial.

No jogo decisivo contra Portugal, o Brasil perdia por 3 a 1. Nos cinco minutos finais, virou o jogo e levantou o troféu. O gol da vitória foi da cearense Amandinha (veja o vídeo acima), que ao GloboEsporte.com/ce alfinetou a entidade máxima da modalidade.

- Acho que a maior lição para nós é que jamais podemos desistir dos nossos sonhos, porque lutamos muito para estar onde estamos. Para a Confederação foi muito vergonhoso. E a vergonha poderia ter sido maior ainda se não tivéssemos vindo ao Mundial. Já pensou? Um time que é tetracampeão mundial não participar do torneio? Os meninos estão aí no Mundial Sub-20, no Grand Prix e pra nós, nada? - reclamou.

Não só a conquista do mundial ficará marcada. Para a goleira Missi, catarinense, mas que defende a equipe da Unifor, de Fortaleza, toda a saga das meninas para chegar à Costa Rica será lembrada.

- Creio que o ano de 2014 vai ficar para a história. Pelo título, pela nossa luta para ir ao Mundial. Vai ficar marcado. Antes de conseguir o patrocinador, fizemos até "vaquinha" pelas redes sociais. E isso tudo repercutiu bastante entre as seleções do Mundial.
Brasil 4 x 3 Portugal final Mundial de futsal (Foto: Divulgação _Federação Costa-riquenha de Futsal)Brasil 4 x 3 Portugal final Mundial de futsal (Foto: Divulgação _Federação Costa-riquenha de Futsal)



Superação

E como repercutiu. As atletas revelam que houve comoção entre as demais equipes. Amandinha relembra que as jogadoras brasileiras foram acolhidas pelos adversários, o que deu forças para superar as adversidades e entrar em quadra.

- Quando chegamos lá, tivemos que deixar todos os problemas de lado para poder nos concentrar e jogar bem, o que não é tarefa fácil. Mas quando a gente está focado, a gente consegue - afirmou.
Missi goleira Brasil futsal (Foto: Zerosa Filho-CBFS)Missi goleira Brasil futsal (Foto: Zerosa Filho-CBFS)
Em solo costarriquenho, os planos foram traçados. O mais difícil já havia sido conseguido: chegar ao mundial. A partir dali, as atletas lembram que cada jogo deveria ser encarado como uma decisão.

- Ao chegar lá, traçamos o primeiro objetivo, que era passar pelas semifinais. Nossa chave era difícil. Contava com as principais seleções. Qualquer que fosse o adversário na final, sabíamos que seria difícil. Mas estávamos preparadas tanto física quanto taticamente. Assim conseguimos o resultado - lembra Missi.

A autora do gol decisivo contra Portugal explica que o diferencial foi a união do grupo, que jamais esboçou abaixar a cabeça ou desistir do sonho de disputar o mundial.

- (A união de todos) Foi crucial. Porque em nenhum momento a gente desistiu. Estava sempre todo mundo junto, dando o máximo de si em todos os jogos - pontuou a camisa 13.

- Acho que o momento crucial para nós foi quando soubemos que iríamos para o Mundial. Quando chegamos lá, queríamos fazer por merecer. Queríamos mostrar para o Brasil que merecíamos estar lá. A partir daí, lutamos até o fim para conquistar o título. Em momento algum a gente desistiu - completou Missi.
Brasil Mundial Futsal Feminino (Foto: Divulgação)Seleção brasileira campeã mundial de futsal na Costa Rica 

 

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

PAPA VIBRA COM FINAL DE SEU TIME CONTRA O REAL MADRID NO MUNDIAL DE CLUBES


NO ANIVERSÁRIO DO PAPA, SAN LORENZO 
SOFRE, MAS DÁ PRESENTE E VAI À FINAL

Ciclón precisa de prorrogação para vencer o semiprofissional Auckland City por 2 a 1 e dar alegria a Francisco. Decisão do Mundial será contra o Real Madrid, no sábado

O San Lorenzo avançou à decisão do Mundial de Clubes sem a audiência de seu torcedor mais ilustre. Aniversariante do dia, o Papa Francisco (78 anos) não assistiu à vitória por 2 a 1 sobre o Auckland City, na prorrogação, mas segundo o embaixador argentino no Vaticano, Eduardo Valdés, ele ficou bastante feliz com o resultado. A ausência do pontífice em frente à telinha faz parte de um ritual.

- O Papa tem uma promessa de não ver televisão. Assim, não viu a partida do San Lorenzo. Mas ficou bastante contente quando soube do resultado – afirmou Valdés, em entrevista à rádio “La Once Diez”.

O embaixador ainda contou um curioso causo envolvendo o Papa Francisco e um torcedor mirim do River Plate, rival do San Lorenzo.

- Nas últimas semanas, um garoto se aproximou do Papa e lhe mostrou uma camisa do River, contente pelo título da Copa Sul-Americana. O pontífice viu, pegou a camisa e respondeu: “De galinha eu só gosto no caldo” – disse, em referência ao apelido pejorativo de “galinhas” do River. 
Papa Francisco camisa San Lorenzo  (Foto: Reprodução)Papa Francisco posa com a camisa do San Lorenzo (Foto: Reprodução)

No dia em que completou 78 anos, o papa Francisco recebeu um presente especial: seu amado San Lorenzo sofreu, mas venceu o Auckland por 2 a 1, pela semifinal do Mundial de Clubes, e garantiu vaga na decisão do torneio, contra o Real Madrid. A classificação veio no sufoco: o gol do triunfo saiu somente na prorrogação, aos dois minutos do primeiro tempo, contra uma equipe semiprofissional que foi superior a maior parte do jogo. O atacante Matos foi o herói do Ciclón - antes, Barrientos, para os argentinos, e Berlanga, para os neozelandeses, haviam marcado.

A final do Mundial acontece no próximo sábado, no Grand Stade de Marrakesh, às 17h30 (de Brasília). O SporTV transmite o jogo ao vivo, e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real. Antes, no mesmo estádio, às 14h30, acontece a decisão do terceiro lugar, entre Auckland e Cruz Azul.
Auckland surpreende e controla o jogo

O técnico Ramon Tribulietx alertou nos dias antes do jogo para a diferença de qualidade entre Auckland e San Lorenzo. Mas, em campo, sua equipe pareceu não se importar com isso. Mais organizados e tranquilos, os neozelandeses botaram a bola no chão e trocaram passes, assumindo o controle do jogo contra um San Lorenzo raçudo, mas sem muita ideia do que fazer.

O melhor argentino em campo vestia branco. Tade, um estudante de Direito que migrou para a Nova Zelândia para aprender inglês, era o principal nome do Auckland, atormentando a defesa do San Lorenzo pelo lado esquerdo, levando vantagem sobre Buffarini e Kannemann com frequência. Faltava a ele, como a todo o seu time, maior poder de finalização.

E o San Lorenzo, por mais que não estivesse bem no jogo, tinha mais capacidade ofensiva. Tanto que, em sua primeira boa jogada construída na partida, o Ciclón abriu o placar: aos 47 minutos da etapa inicial, Más desceu livre pela esquerda e cruzou para Barrientos, livre na área, acertar belo chute de canhota.
Ortigoza e Takuya, San Lorenzo X Auckland (Foto: Agência AP )Ortigoza (à esq.) e Takuya disputam a bola no Marrocos: time da Oceania surpreendeu (Foto: Agência AP )


Matos vira herói

Comemoração do San Lorenzo contra o Auckland (Foto: Agência Reutes)O Auckland se viu numa situação inédita neste Mundial: estava atrás no placar, precisava se recuperar. O toque de bola continuou, assim como o domínio territorial, mas foi só quando Tade ousou mais que os neozelandeses empataram: aos 22 minutos, ele apareceu pelo meio e deixou De Vries na cara do gol. A bola passou pelo camisa 10 e pelo goleiro Torrico e sobrou para Berlanga completar para as redes.

O empate do Auckland fez bem ao jogo, até então muito truncado. O San Lorenzo se mandou para o ataque, tentando resolver o confronto, enquanto o Auckland ganhou espaço para contragolpear. Os dois times tiveram boas chances: Cauteruccio quase fez um golaço ao chapelar Irving e acertar a trave; Tade pôde virar herói definitivamente, mas, de frente para Torrico, bateu de canela e mandou longe do gol.

Esgotado, o atacante argentino do Auckland deixou o gramado no fim do segundo tempo. Sem ele, a força ofensiva dos neozelandeses desapareceu. Na prorrogação, o San Lorenzo melhorou e logo passou à frente, com Matos, que aproveitou sobra na área e bateu firme, sem chance para Williams, garantindo a classificação do Ciclón.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Eurico Miranda toma posse e é oficialmente presidente do Vasco

Eurico Miranda foi empossado presidente do Vasco para o triênio 2015/16/17 na noite desta terça-feira. Depois de vencer a eleição no 11 de novembro e, consequentemente, a votação do conselho deliberativo no dia 19, o dirigente assumiu o cargo oficialmente em cerimônia realizada na Sede Náutica do clube, na Lagoa, Zona Sul do Rio de Janeiro.
A cerimônia contou com a presença do Ministro dos Esportes do Brasil, Aldo Rebelo. O secretário executivo da pasta Luis Fernandes é presidente do Conselho Deliberativo do Vasco. Também estiveram na concorrida cerimônia, que ocupou os dois andares da sede da Lagoa, o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro, Rubens Lopes, o cônsul de Portugal no Rio, Nuno de Mello Bello, além de representantes do governador Luis Fernando Pezão, do Comitê Olímpico Brasileiro e de representantes do poder judiciário do Rio.
Pouco antes do evento, foi confirmada a última vice-presidência que ainda estava vaga: Finanças. Marcos Pereira de Carvalho será o responsável pela pasta.
Mais informações em instantes.
Confira a diretoria do Vasco para a gestão 2015-2017
Presidente: Eurico Miranda
1° Vice-Presidente: Fernando Horta
2º Vice-presidente: Silvio Godói
Vice-Presidente do Dertamento Jurídico: Paulo Reis
Vice-Presidente do Dertamento de Finanças: Marcos Pereira de Carvalho
Vice-Presidente do Departamento Médico: Egas Manoel Fonseca
Vice-Presidente do Departamento de Patrimônio: José Cardoso Joaquim
Vice-Presidente do Departamento de Comunicações: Silvio Godói
Vice-Presidente do Departamento de Relações Especializadas: Denis Carrega Dias
Vice-Presidente do Departamento Infanto-Juvenil: José Mourão Gonçalves
Vice-Presidente do Departamento de Desportos de Quadra e Salão: Fernando Lima
Vice-Presidente do Departamento de Desportos Terrestres: Francisco Villanova
Vice-Presidente do Departamento de Desportos Náuticos: Antônio Lopes
Vice-Presidente do Departamento de Marketing e Divulgação e Relações Públicas: Marco Antônio Monteiro
Vice-Presidente do Departamento de Comunicações: Carlos Alberto Miranda

Fonte: GloboEsporte.com

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

GALOUCURA! ATLÉTICO VENCE MAIOR RIVAL E CONQUISTA COPA DO BRASIL.

 
Cruzeiro 0 x 1 Atlético-MG
Gols: Diego Tardelli
Final
Para sempre! Galo bate Cruzeiro de novo e é campeão da Copa do Brasil!
No maior clássico que Minas Gerais já viu, Atlético ganha por 1 a 0, gol de Tardelli, fatura título inédito e evita Tríplice Coroa do maior rival
DESTAQUES DO JOGO
  • o herói
    Diego Tardelli
    O atacante estava em branco na Copa do Brasil e desencantou logo na final. De cabeça, fez o gol que calou o Mineirão e deixou o título encaminhado.
  • lance capital
    15 do 1º tempo
    O Cruzeiro teve a chance de marcar no início, diminuir a vantagem rival e incendiar o jogo. Mas Goulart, na cara de Victor, jogou fora as esperanças.
  • clássicos
    invencibilidade
    Além do título, a torcida do Galo tem um motivo extra para comemorar: não perdeu para o maior rival em 2014: foram quatro vitórias e três empates.
A CRÔNICA
por Alexandre Alliatti
É tão grande que não cabe em sua própria enormidade o que aconteceu neste 26 de novembro. É tão grande que já seria grande se simplesmente disséssemos que o Atlético-MG é o campeão da Copa do Brasil de 2014 – campeão e ponto final. Ou que pela primeira vez conquista o torneio. Ou que garante vaga na Libertadores. Ou que assegura seu quarto título em dois anos. Mas é muito mais que isso tudo – a ponto de transformar a taça em si (ou seu ineditismo, ou suas consequências) em detalhe, em ornamento para o feito maior, o feito que efetivamente importa aos vencedores: que é sobre o Cruzeiro. No maior clássico que Minas Gerais já viu, o Galo bateu o rival por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, no Mineirão, naquela que foi a primeira final de um torneio nacional entre eles - uma vitória para a posteridade, uma vitória para sempre.

O gol de Diego Tardelli entra para o imaginário do torcedor mineiro – muito especialmente o atleticano. Com ele, o Galo carimba a faixa de campeão brasileiro do eterno adversário e evita que ele alcance a Tríplice Coroa em 2014. Em mais de 90 anos de rivalidade, em uma história que remete ao começo do século passado, aos tempos em que o Cruzeiro ainda se chamava Palestra Itália, é a vitória mais importante de um sobre o outro – como se um campeonato estivesse dentro do jogo, não o jogo dentro de um campeonato.
A conquista descende daquilo que o Atlético alcançou no primeiro jogo, há duas semanas, no Independência – a vitória por 2 a 0 que permitia que ele até perdesse o duelo desta noite. Mas o que o Galo menos fez foi se acomodar na vantagem. Jogou para cima, atacou, agrediu. Agiu como campeão. De quebra, fechou o ano sem perder clássicos: foram sete na temporada, com quatro vitórias alvnegras e três empates.
Jogadores do Galo fazem a festa no gramado do Mineirão (Foto: Bruno Cantini/Flickr do Atlético-MG)Jogadores do Galo fazem a festa no gramado do Mineirão (Foto: Bruno Cantini/Flickr do Atlético-MG)
Tardelli nasceu para clássicos
Diego Tardelli tem 29 anos e se define como um “veterano novo”. Parece que faz gols há eras. Especialmente gols pelo Atlético – são 110. Mais especialmente ainda gols contra o Cruzeiro – impressionante: já são nove em clássicos. Por tudo isso, quando a bola saída do pé de Dátolo cruzou o céu de Mineirão e teleguiou-se até a cabeça careca do atacante, o que aconteceu ali foi o ato maior de uma relação profunda, de uma afinidade que só cresce, desse triângulo amoroso entre Tardelli, o Atlético e a torcida.
O gol saiu aos 47 minutos. E foi absolutamente justo. O Atlético foi surpreendentemente melhor do que o Cruzeiro – surpreendentemente não apenas por ser melhor, mas pelo tanto que foi melhor. Desde o começo do jogo, foi mais vigoroso, mais envolvente, mais compacto. Poderia ter saído na frente cedo, com sete minutos, quando Luan mandou na área e Tardelli quase completou; ou aos 12, quando Marcos Rocha recebeu frente a frente com Fábio e foi superado pelo goleiro – na sequência, Tardelli mandou para fora; ou aos 24, quando Tardelli (repare: sempre ele) mandou de coxa para fora; ou ainda aos 42, em conclusão de Maicosuel novamente defendida por Fábio (e com Dátolo mandando por cima na sobra).
Foi muito Atlético para pouco Cruzeiro. Mesmo depois de perder Luan, lesionado aos 31 minutos, o Galo soube se impor. A Raposa teve suas chances, é verdade – a principal delas em chute torto de Ricardo Goulart após lançamento de Fábio. Mas esteve muito aquém das exigências de um time que precisava de três gols para ser campeão.
 
Absolutamente campeão
O Cruzeiro precisava de quatro gols no segundo tempo para ser campeão da Copa do Brasil. Jamais deu pinta de que conseguiria – nem quatro, nem três, nem dois, nem unzinho que fosse. As jogadas simplesmente não fluíam. Era evidente a destruição física da equipe depois da brilhante campanha no Campeonato Brasileiro. O Galo, mais inteiro, até não repetiu a soberania do primeiro tempo – mas seguiu melhor encaixado.
Com Willian Farias no lugar de Henrique, lesionado, o Cruzeiro fez o possível para reagir. Só que nem as jogadas entre Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart, geralmente tão fatais, tinham andamento. Para piorar a vida celeste, o Atlético sabia ameaçar – vide o que aconteceu aos seis minutos, quando Maicosuel, colado na trave, não conseguiu marcar o segundo, ou vide a patada de Dátolo no travessão de Fábio em cobrança de falta.
A torcida cruzeirense, entre vaias e incentivos, teve que suportar a festa do rival. Vingou-se com gritos de “segunda divisão” e “tetracampeão”.
Porque até isso o clássico teve de gigante: um foi campeão três dias depois de o outro ser. Timing perfeito para os torcedores do Galo – embora alguns momentos prescindam de timing: vistos do prisma da posteridade, simplesmente não têm data. Acontecem e ficam. São anos, décadas, séculos dentro de duas horas – pergunte a um atleticano.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

PROGRAMA ATLETA NA ESCOLA: VOLEIBOL

SAQUE DE MESTRE !
Jogo entre as escolas de Igrapé Grande e Trizidela do Vale
Foi na quarta (12) que aconteceu a etapa escolar da modalidade Voleibol do Programa Atleta na Escola. O evento foi realizado no município de Igarapé Grande e contou com as escolas estaduais das cidades Lago do Junco, Igarapé Grande, Poção de Pedras e Trizidela do Vale. 

"O evento não se caracterizou como uma competição entre as escolas, mas como intercâmbio para a prática deste esporte que falta incentivo e interesse nos administradores e professores em desenvolvê-lo. O que se esperava conseguir com este dia foi o alcançado, pois conseguimos demonstrar para as direções e público presente que o voleibol necessita do mesmo destaque que tem o futebol. 
Disputa acirradíssima entre Poção e Lago do Junco.
É só ver o nível dos jogos e a emoção das disputas do dia. No entanto não é o que está acontecendo nos muncípios, haja visto que, como coordenador regional, ainda não tenho notícias da realização das competições desta modalidade nas escolas municipais. Ficando mais uma vez os diretores prestando contas sem realizar a modalidade." Afirmou o Professor Rubinho, coordenador do Programa.  

Veja as imagens dos jogos e tirem suas conclusões;
Abertura oficial com a escola Manuel Matias de Igarapé Grande ...

e Newton Bello de Trizidela do Vale


Galera de Lago do Junco que compareceu em peso.
 
 

O treinador Freitas de Igarapé Grande


Colégio José Malaquias de Lago do Junco, que derrotou o Joaquim Salviano de Poção de Pedras.

Colégio Joaquim Salviano de Poção de Pedras.

Newton Bello assistindo ao outro jogo e analisando o nível dos atletas


Fair play aós os jogos.

Time Feminino do Manuel Matias de Igarapé Grande

Time feminino de Lago do Junco



Atleta de Lago do Junco escolhida a melhor da partida.




segunda-feira, 17 de novembro de 2014

COPA AMENDOIM DE FUTEBOL SOCIETY 2014: 2ª RODADA

 "DO CÉU AO INFERNO EM UM FINAL DE SEMANA"
Real Madrid: Mário "papai", Pibiti, Heraldo, Charles, Hiaga, Professor Rubinho, Wilton, Marcílio Ximenes e Rogério.
   Depois de sofrer com a virada espetacular do time do Milan por 6x4 na sexta, o time do Real Madrid atropelou o Barcelona dos Professores Wando e Polary  por 8x0 na manhã do domingo.

Destaque para os 03 gols do Charles que assumiu a ponta da tabela de artilharia com 05 gols marcados, seguido de perto pelo Mirzael do CQC com 03, os quais foram marcados justamente na vitória do seu time sobre o Real Madrid.

RADAR DOS JOGOS

GRUPO A
MILAN X REAL MADRID
Milan: Natinho, Ramilson, Pretinho, Jurandy, Simão, Nato, Haroldo e Mirzael CQC.
 
O jogo começou estudado e tranquilo para as duas equipes e não demorou para o time do Milan abrir o placar o que obrigou o time do Real Madrid correr atrás do placar e conseguindo virar com o Marcílio e o Rogério. Placar do primeiro tempo. Após o apito inicial da segunda etapa, o time do Milan veio pra cima e conseguiu empatar e virar novemente com o endiabrado Mirzael (03 gols na partida). 

Mário, incansável na marcação do Daniel.
O time do Charles e Heraldo se descontrolou emocionalmente, mas conseguiu o empate, que deixava o jogo indefinido se não fosse a falha bizarra do Pibiti, último homem, ao tentar driblar o Mirzael, que estava inspiradíssimo e aproveitou a falha para marcar o quarto de sua equipe. A partir daí o time de Mário "Papai" correu atrás e cedeu vários contra ataque que culminaram com mais dois gols do Milan, tornando a recuperação quase impossível. O time do Real Madrid ainda marcou o quarto, mas já era tarde.
 Placar final: MILAN 6 X 4 REAL MADRID.
UM JOGÃO DE BOLA.
Marcaram para o MILAN: Mirzael 03, Popó, Jurandy e Natinho;
e para o REAL MADRID: Charle 02, Rogério e Marcílio.

REAL MADRID X BARCELONA
Araujão, o Mito, tentando organizar sua equipe na partida de domingo.
 

O jogo do domingo, o qual decidiria o segundo classificado do grupo A, foi um massacre do Real Madrid sobre o Barcelona que não contou com os principais jogadores Carlos da Óptica e Edmundo, que cumpria suspensão automática pela expulsão do último jogo. 
Já o Real Madrid, que não tinha nada a ver com isso foi pra cima e aplicou uma goleada de 8 x 0 com 03 gols do Charles, 02 do Rogério, 01 do Professor Rubinho, 01 do Wilton e 01 do Negão.

GRUPO B
CHELSEA X JUVENTUS
Inter de Milão: Nonato Reis, Lima, Josmar, Dino, Fura, Zequinha Ribeiro e Matoso.
 
O Chelsea derrotou o Juventus por 5x0 na quarta passada, onde o time do Juventus não conseguiu nem terminar a partida devido a várias contusões de seus atletas, o que o obrigava a correr atrás no segundo jogo contra o INTER DE MILÃO, de Matoso e do Professor Dino.
Marcaram na partida: Josias 02, Camilo, Jardel e Luis Orlando.

JUVENTUS X INTER DE MILÃO
Juventus: Itamar, Dinão, Welington, Nem e Evandro Miranda.
 
Novamente o time do Juventus veio pra partida com uma série de problemas, a principal delas a falta de atletas, que não copareceram à partida, tendo que completar com alguns sócios que não jogariam naquela noite. Claro que acordado entre as equipes para que houvesse jogo. 
O que se viu foi uma superioridade da Inter de Milão que dominou toda a partida, mas não transformava em números vantajosos para sua equipe e somente quase no final do primeiro tempo, a equipe abriu o placar e a porteira dos gols, fazendo três rapidamente. A equipe da juventus, como já havia acontecido no primeiro jogo, também não retornou para a segunda etapa devido a contusões de seus atletas e os árbitros decretaram o fim de jogo.
Marcaram para a INTER DE MILÃO: Matoso 02 e Josmar 01.

CATEGORIA NOVOS
A categoria Novos que tem apenas um grupo, no qual todos se enfrentam e os dois melhores classificados se enfrentarão na final do dia 30. 
Até agora, com dois jogos realizados, a FIORENTINA, do Hígor e Jefin, está liderando a competição com uma vitória sobre a UDINESE do Du por 3x1 com gols de Higor, Jefin e Wilson. Dú descontou para a Udinese.
No outro jogo, houve um empate entre as equipes ROMA X SAMPDÓRIA em 2x2, com gols de Carlos André e Ávilon (Roma) e Joalison e Talison (Sampdória).
Confiram os próximos confrontos desta semana com destaque para o último jogo classificatório da primeira fase da Categoria Master entre CHELSEA X INTER DE MILÃO, que decidirá os confrontos das semifinais.

TABELA CLASSIFICAÇÃO
CATEGORIA MASTER
GRUPO A
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
GRUPO B
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
MILAN
4
2
1
1
0
8
6
4
CHELSEA
3
1
1
0
0
5
0
5
REAL MADRID
3
2
1
0
1
12
6
6
INTER DE MILÃO
3
1
1
0
0
3
0
3
BARCELONA
1
2
0
1
1
2
10
-8
JUVENTUS
0
2
0
0
2
0
8
-8

 CATEGORIA NOVOS
GRUPO A
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
FIORENTINA
3
1
1
0
0
3
1
2
ROMA
1
1
0
1
0
2
2
0
SAMPDÓRIA
1
1
0
1
0
2
2
0
UDINESE
0
1
0
0
1
1
3
-2

TABELA ARTILHARIA
CATEGORIA
MASTER

NOVOS
JOGADOR
TIME
GOLS
JOGADOR
TIME
GOLS
Charles
REAL MADRID
05
Higor
FIORENTINA
01

Mirzael CQC
MILAN
03

Wilson
FIORENTINA
Rogério
REAL MADRID
Jefin
FIORENTINA
Jurandy
MILAN
02

Du
UDINESE
Popó
MILAN
Carlos André
ROMA
Josias
CHELSEA

Ávilon
ROMA
Matoso
INTER DE MILÃO
Joalison
SAMPDÓRIA
Camilo
CHELSEA
01

Tálison
SAMPDÓRIA
Carlos da Óptica
BARCELONA



Jardel
CHELSEA



Josmar
INTER DE MILÃO



Luis Orlando
CHELSEA



Marcílio Ximenes
REAL MADRID



Natinho
MILAN



Negão
REAL MADRID



Prof. Rubinho
REAL MADRID



Wando
BARCELONA



Wilton
REAL MADRID





TABELA
Jogo
Grupo
Data
Hora
Equipe A
Placar
Equipe B
Categoria
01
A
6ª feira
07/11
19:00h
MILAN
2 X 2
BARCELONA
MASTER
02
ÚNICO
20:10h
FIORENTINA
3 X 1
UDINESE
NOVOS
03
B
4ª feira
12/11
19:30h
CHELSEA
5 X0
JUVENTUS
MASTER
04
ÚNICO
5ª feira
13/11
19:30h
ROMA
2 X 2
SAMPDÓRIA
NOVOS
05
A
6ª feira
14/11
19:00h
MILAN
6 X 4
REAL MADRID
MASTER
06
B
20:10h
JUVENTUS
0 X 3
INTER DE MILÃO
07
A
Domingo
16/11
08:30h
REAL MADRID
8 X 0
MILAN ou BARCELONA
MASTER
08
ÚNICO
5ª feira
20/11
19:00h
FIORENTINA
X
ROMA
NOVOS
09
20:10h
UDINESE
X
SAMPDÓRIA
10
B
6ª feira
21/11
19:00h
INTER DE MILÃO
X
CHELSEA
MASTER
11
ÚNICO
5ª feira
27/11
19:00h
FIORENTINA
X
SAMPDÓRIA
NOVOS
12
20:10h
UDINESE
X
ROMA
13
2ª FASE
6ª feira
28/11
19:00h
MILAN
1º CHAVE “A”
X

2º CHAVE “B”
MASTER
14
20:10h

1º CHAVE “B”
X
BARCELONA
2º CHAVE “A”
15
FASE FINAL
Domingo
30/11
08:30h

Vencedor Jogo 13
X

Vencedor Jogo 14
MASTER
16
09:45h

1º colocado
X

2º colocado
NOVOS